Julian Fuks

Julián Fucks (São Paulo, 1981) é escritor e tradutor. Doutor em literatura pela USP, publicou, entre outros, Histórias de literatura e cegueira (2007), Procura do romance (2012), finalista do prêmio Portugal Telecom, e A resistência (2015), sobre o drama social e político de uma família argentina exilada durante a ditadura de 1976, que levou o Prêmio Jabuti na categoria romance. Foi eleito pela revista Granta (nº 121, 2012) um dos vinte melhores escritores brasileiros com menos de 40 anos.