PIAUI #165 - 1ªED.(2020) - Revista Piaui - Livro

PIAUI #165 - 1ªED.(2020)

Organizador: Revista Piaui
Editora: Alvinegra

Postagem: 1 dia útil

R$ 25,00

em até 3x sem juros

Entrega = postagem + transporte, pesquise para seu CEP:

Sinopse

A sua nova edição da piauí tem mais do que a pandemia do coronavírus.
Para mantê-lo a par da vertigem política, trazemos os bastidores da passagem da atriz Regina Duarte pela Secretaria Especial da Cultura, uma reportagem que joga luz sobre a atuação da polícia ideológica do governo Bolsonaro (Regina no país dos olavistas, de João Gabriel de Lima), e inauguramos um novo tom na Chegada, seção de abertura da revista, com uma análise de conjuntura (Dois mil e vinte, de Fernando de Barros e Silva).

Para falar do passado e do futuro, temos uma reportagem sobre os meandros – inéditos – da tentativa do governo Lula de mediar o fracassado acordo de desnuclearização do Irã, em 2010 (No parquinho das potências, de Malu Gaspar) e um artigo sobre os desafios da imprensa na era da tecnologia digital (Uma nova imprensa, de Rodrigo Mesquita).

E para elevar seu espírito, escolhemos um artigo de Flora Thomson-DeVeaux sobre a odisseia de verter para o inglês um clássico de Machado de Assis (A gestação do menino diabo), um conto de Reinaldo Moraes que oscila entre a raiva e o tédio (Domingo medonho) e uma seleção de poemas pungentes da italiana Goliarda Sapienza, em versão bilíngue (Ancestral).

Mas, claro, é inevitável falar da pandemia.

Na seção Esquina, provisoriamente rebatizada como Quarentena, trazemos notícias de países que raramente aparecem no noticiário: Albânia, Cuba, Estônia, Etiópia, Islândia, Moçambique e Vietnã.

Além disso, publicamos um amplo painel de reflexões sobre a crise sanitária – na política (O jogo dos dois erros, de Daniela Campello e Cesar Zucco), no jornalismo (Caçadores de mentiras, de Consuelo Dieguez), no laboratório (O arauto da cloroquina, de Scott Sayare), na política internacional (A geopolítica do “vírus chinês”, de Marcos de Azambuja), nas prisões (A desumanização, de Juliana Borges) e em quatro diferentes dimensões da vida: a doméstica (Minha casa, meu cenário, de Giselle Beiguelman), a íntima (Tesão na quarentena, de Pamela Santana), a urbana (A dupla exclusão, de Roberto Andrés) e a natural (Será que entendemos?, de Kevin Berger).

Esse conjunto de artigos e reportagens é encerrado por um belo, um belíssimo texto de Jamaica Kincaid (Antes do coronavírus).

Divirta-se e boa leitura.
André Petry
Diretor de Redação

Dados

ISBN: 977198017500200165

Idioma: Português

Encadernação: Brochura

Formato: 26 x 34

Páginas: 80

Ano de edição: 2020

Edição:

Mais vendidos em Humanidades