PIAUI #166 - 1ªED.(2020) - Revista Piaui - Livro

PIAUI #166 - 1ªED.(2020)

Organizador: Revista Piaui
Editora: Alvinegra

Postagem: 1 dia útil

De: R$ 25,00

Por: R$ 21,25

em até 3x sem juros

Entrega = postagem + transporte, pesquise para seu CEP:

Sinopse

Em tempos de tantas crises – política, sanitária e econômica –, a piauí escolheu começar esta carta apresentando as boas notícias da edição de julho. É imperdível o conto de Ernest Hemingway (A busca como felicidade, com tradução de Caetano Galindo), encontrado há pouco por um dos netos do escritor. A piauí é a primeira publicação a trazer o conto em português. Também é um alento constatar que os cientistas brasileiros, apesar de todos os percalços, estão mobilizados na luta para encontrar um remédio contra a Covid-19 (Contra a besta-fera, de Claudio Angelo).

No conjunto de reportagens sobre os protestos contra o racismo que se espalharam pelo mundo, fomos buscar o relato de um jornalista que nasceu e cresceu em Minneapolis, a cidade norte-americana onde tudo começou depois do assassinato de George Floyd por um policial branco (O fogo das contradições, de Kyle Younker). E trazemos, aqui também, um tênue raio de luz na forma de uma carta em que uma jovem brasileira negra faz um desabafo mas também ergue a bandeira da esperança de que, enfim, as coisas possam melhorar (Aos meus amigos brancos, de Ligia Lima).

Nesta época dura, porém, falar de morte, infelizmente, é inevitável. Neste número, a piauí apresenta o tema de formas distintas. Trazemos uma reflexão sobre a reação do presidente Jair Bolsonaro, ora de indiferença, ora de deleite (A morte e a morte, de João Moreira Salles), e o relato de um coveiro num cemitério de Manaus, cidade pesadamente atingida pela pandemia da Covid-19 (Tudo acaba em barro, de Marcos Antonio da Silva Santos).

Na política, temos uma reportagem minuciosa sobre o ocaso da carreira do governador Wilson Witzel, do Rio de Janeiro, destacando os apoios mais relevantes que perdeu – o dos bolsonaristas e o das milícias (A solidão de Rambo, de Allan de Abreu). E temos um artigo que explica onde, como e quando nasceu a centelha que resultou nos atuais ataques contra o Supremo Tribunal Federal (O ovo da serpente, de Fábio Tofic Simantob).

Com quase cem páginas, a revista de julho tem muito mais. E, como abrimos esta carta falando de um conto inédito, fechemos anunciando outro material exclusivo: um trecho de Capital e Ideologia, o novo livro do economista francês Thomas Piketty, que será lançado agora em julho pela editora Intrínseca (O paradoxo do PT).

E não se esqueça, claro, de ler o BolsozApp, a rede mais angelical do Brasil.
Divirta-se.
Abraço,
André Petry
Diretor de Redação da piauí

Dados

ISBN: 977198017500200166

Idioma: Português

Encadernação: Brochura

Formato: 26 x 34

Páginas: 98

Ano de edição: 2020

Edição:

Mais vendidos em Humanidades

OS ENGENHEIROS DO CAOS - 1ªED.(2019)

De: R$ 44,90

Por: R$ 38,17